Tuba e Coqueirinhos

22/10/2014

 
E porque o blog falou de Bahia ontem, hoje o look da vez é o que usei lá em Salvador, na última tarde, pra dar uma voltinha. Sem mistério, mas com bossa:  o combo short + camiseta tem uma mistureba legal, com a estampa de coqueirinhos, que tá em alta  (já rolou um post sobre estampas da vez AQUI) e o print de tubarão na camiseta. O tênis estilo iate eu não tiro mais do pé. Desde que recomecei a andar sem muletas, virou o meu calçado oficial. É muito confortável e prático. Eu adoro incorporar nos meus looks peças do guarda-roupa masculino e hoje essa é a minha preferida! Ah, o cinto apache também deu um charme legal na produção, né? Aí, a gente tem conforto e  muito estilo. Gostaram?


Camiseta Marisa / Short Riachuelo / Tênis Taquilla / bolsa, colar e óculos são os mesmos de ontem / cinto de uma lojinha do comércio / mix de pulseiras comércio e Raphaella Rocha

Macaquinho e um Pouco de Bahia

21/10/2014

 
Em setembro fui pra Bahia pela milésima vez. Fui a trabalho, como de vez em quando acontece, pra acompanhar a impressão do Livro do Círio, que edito pelas editoras Verde e Guia. Nunca me canso de Bahia, gente. E eu sei que os soteropolitanos vão ficar chateados comigo (não fiquem) mas acho que a Bahia é muito mais que Salvador. A cidade é massa, linda, agitada, claro, mas tem tanta coisa maravilhosa pra se conhecer no Estado, que ficar só na capital é um pecado. Já conheci paraísos como Itacaré, Morro de São Paulo, parte da chapada Diamantina, como a cidade de Lençóis, Barra Grande e pude perceber que existem várias Bahias dentro da Bahia. Por isso que ela é de todos os santos, gostos e bolsos. 

Agora, a minha ida foi relâmpago, foi um dia trabalhando, e outro pra passear e metade de um já pra voltar. Como o Rapha foi comigo, pra ajudar na revisão final do livro, aproveitamos o dia livre pra ir a Praia do Forte, que ele não conhecia. É uma localidade bem próxima a Salvador e simplesmente encantadora: ruas de paralelepípedo, lojinhas e restaurantes charmosos, um clima agradável de gente andando pelas ruelas. Tem uma pequena praia, comida gostosa e  uma base do Projeto Tamar que é incrível, bem mais legal que o de Fernando de Noronha, por exemplo, com cinema, exposição, visitas guiadas... É muito lindo de ver. Fiquei feliz de "reencontrar" a tartaruga mais idosa de lá, 4 anos depois da minha primeira ida. É um trabalho muito bonito de se ver. Se você for a Bahia, passe ao menos um dia lá em Praia do Forte, ou um fim de semana, pra curtir a noite que é calma, mas muito charmosa.

Esse dia a aventura foi legal porque alugamos um carro e fomos curtindo a estrada. Não peguei praia porque o tempo era curto e preferimos passear. Curte um pouquinho.


Conforto é a regra pra qualquer viagem, né?

Saindo de Salvador: vista da orla.

Sorry pela foto, não sei porque essa ficou tão ruim. :(
Cenas de Praia do Forte: Projeto Tamar, o Lago, a Praia e uma pizzaria vegana que conhecemos, onde tomei um choppinho.


 Macaquinho Farm / Camisa: comprei da Paulinha Freitas (não são só vocês que compram em bazar, nós também!) / bolsa Galeria Ouro Fino (SP) / Havainas comprei lá / óculos Zero UV / Correntinha Raphaela Rocha Acessórios.


A Plebeia Testou: Look das Unhas

17/10/2014

 
Eu simplesmente amo esmaltes! Então, imagina como fiquei feliz quando recebi uma caixinha em casa, toda bonitinha, escrito "Look das Unhas". Trata-se de uma empresa que eu realmente não conhecia e que carinhosamente enviou pra casa um kit com alguns esmaltes e adesivos de unha. 

Recebi dois esmaltes de cor vibrante ( pink e roxo), três cartelas de adesivos e um lenço removedor de esmalte. 

Os esmaltes são bem cremosos, e como fiz as unhas sozinha, no começo tive dificuldade com o rosa. Mas na segunda vez, com o roxo, foi facinho já. É que eles não são tão líquidos, são encorpados, e, simplesmente só uma mão basta!  Achei isso um ponto muito positivo, porque é prático. Além disso, a cor é bem brilhosa, a textura legal, seca rápido e mesmo encorpado, removido sem dificuldade, sem manchar muito. Ficaram lindos, olha. Não consegui escolher o meu preferido entre os dois:


Reaparem no brilho: não passei extrabrilho, esse brilho é dele!

Fiz o teste do removedor em lenço. Nunca tinha usado. Não dá pra substituir o removedor com algodão do dia a dia, claro, porque precisamos daquele palitinho pra limpar os cantos das unhas, pra ficar 100%. Mas acho que nem foi feito pra isso e sim pra servir como primeiros socorros. Por exemplo: levar na bolsa o lencinho, carregar em viagens... Removeu tudo bem rápido! É um ótimo S.O.S.! Achei muito interessante!


Aqui os detalhes dos adesivos de unha. 


Particularmente não gosto de enfeites pra unha de nenhum tipo, não faz meu estilo. Mas pra quem gosta tem muita opção no site, porque já dei uma futricada (até de gatinho, ooown!). Os precinhos também são amigos, como toda plebeia gosta: os adesivos, custam R$0,99, por exemplo, e tem promos como o frete único de R$ 6 em compras acima de R$49! Yey!
Só que, pro meu espanto, os esmaltes esgotaram todos no site! Gente, compraram tudo, essa é a má notícia pra vocês. Mas a boa é que eles já estão repondo estoque, então fiquem ligados, de olho lá pra vocês comprarem pra testar também quando chegarem as reposições. Vale a pena!

Ó, vai conhecer a Look das Unhas: www.lookdasunhas..com.br/?afiliadoId=69




 

Vejo Margaridas em Você

16/10/2014

 


Belém não é uma cidade quente. É MUITO QUENTE. E tem dias em que ela está ESPECIALMENTE MUITO QUENTE! Então, se o meu destino não for trabalho, cinema, restaurante, o dress code sempre se resume a roupas curtas, fresquinhas, shortinhos... Enfim: pouco pano. Mas sabe como é... Eu adoro uma sobreposição. Então, a melhor maneira de fazer isso é ter no armário terceiras peças levinhas: coletinhos rendados, casaquetos vazados, até mesmo uma camisa fina de botão.

Essa foi a fórmula que usei no domingo da eleição. Fui votar + almoçar + passear. Na sexta, duas coisas que eu havia comprado chegaram e já estreei (é, porque não guardo mais roupa pra ocasião especial, senão não uso nunca): o óculos da ZeroUV e esse macaquinho, da carioca Sisters Ateliê, que conheci pelo instagram. O macaquinho é amor: leve, confortável, prático, lindo! Tô tão apaixonada que vou mandar fazer um monte igual, só mudando as estampas. E vocês vão vê-lo o tempo todo em mim. Aí, juntei com a minha terceira peça levinha, que é esse bolerinho também amor, mas que não é novo. Adorei, ficou muito Flower Power!



Pra completar, o dia estava lindo e essas fotos foram a estreia oficial da minha lente 50mm! Essa lente é, sem dúvida, uma paixão pra vida inteira. Falando no bom português: ela é clara (ou seja, boa pra quando tem pouca iluminação), ela é pequena, leve e faz aquele efeito que a gente ama, de desfocar o fundo, lindamente (basta ter um pouco de noção pra trabalhar a profundidade: quanto mais longe do fundo, mais desfocado ele fica) e é barata, muito barata (varia de 180 a 300 reais, enquanto que as outras podem chegar até a 4 mil!). Já brinquei horrores com ela aqui em casa, mas ainda não tinha testado aqui no blog acho. Pra quem interessar: comprei no Mercado Livre a 50mm - 1/8 com esse vendedor aqui e chegou rapidinho!










































Antes que perguntem, essa foi tirada com o iPhone 5s e uma lente fisheye de clipe


Macaquinho Sisters Ateliê / Bolero She Inside / óculos ZeroUV / Bolsa de uma lojinha da Galeria Ouro Fino (SP) / Creepers    / Colar Naloê / Brinco de Salinas (eu acho)

Bruna Marquezine lança sua linha de esmaltes da Ludurana em Belém!

15/10/2014

Ela tem só 19 aninhos, mas tá nas telinhas desde criança. Cresceu, virou um mulherão, arrebatou o coração de um monte de marmanjos babadores e até do craque Neymar! Bruna Marquezine é um verdadeiro fenômeno: uma febre, uma mania nacional! Afinal, cinco milhões de seguidores no instagram (isso, 5.000.000! a.k.a. 5.0m!) não é pra qualquer um. Não bastasse tudo isso, agora a Salete (nostalgia feelings) acaba de lançar uma linha de esmaltes pela Ludurana. Poderosa!


São 32 cores bem vibrantes e variadas, que contam com 24 esmaltes cremosos, 5 perolados, 1 com glitter e até esmaltes de tratamento. O mais legal é que a Ludurana é paraense, gente! E por isso a empresa trouxe a Bruna a Belém para fazer o lançamento da linha na maior feira de supermercados e produtos da Amazônia, a Supernorte.

Nem precisa dizer que ela causou um alvoroço lá, né? Jornalistas, formadores de opinião e blogueiros foram convidados para o lançamento, com direito a uma coletiva na sala de imprensa com ela. Mesmo com pouca gente, em um espaço reservado, foi muito difícil disputar um pedacinho de Marquezine. Mas ela foi fofa, atenciosa, paciente e distribuiu sorrisos, autógrafos e... selfies! Falou sobre a coleção também, claro. Disse que escolheu cada cor e que é um ser meio mutante: cada dia gosta de se vestir de um jeito. Por isso mesmo não tem uma cor favorita da sua coleção. 

O lançamento, no stand da Dismelo, a distribuidora da Ludurana no Pará, foi muito badalado! Muita gente se aglomerando depois para tirar uma fotinho com ela, que atendeu todo mundo com muita simpatia! Infelizmente, não ganhamos nenhum esmaltinho pra testar (arrasada...). Resta a gente correr na loja, porque algo me diz que vai esgotar num tapa!

Olha mais um pouquinho da noite:



Claro que tietei também e tirei uma foto com ela. Foto: Marco Nascimento















CLARO que dei o Livro do Círio pra ela e ela curtiu! Disse que a mãe ia adorar. (Pra quem não sabe, é feito há 6 anos pela editora Verde, editado por mim e pelos meus chefões Mauro Bonna e Beth Mendonça). Foto 1 e 2: Marco Nascimento.
Claro que a turma do Fashion Bazar foi tirar uma casquinha coletiva da Bru ( hahahaha). Foto: Marco Nascimento.

Claro que meu irmão tirou uma selfie com ela pra postar logo no instagram. (Levei o pirralho, que é tarado por ela, pra ser meu fotógrafo, mas ele perdeu a concentração rapidinho! E por isso, tive que pedir reforço pro Marco! hahahaha). Foto: Marco Nascimento

Claro que babei nos esmaltes porque eles são MUITO COLORIDOS! :)
 



Claro que eu esqueci de virar o celular na hora de fazer esse videozinho...

Claro que tirei foto do look, mesmo sabendo que vocês não estão nem um pouco interessados nele nesse post porque só querem saber da Bruna!

Camisa C&A / Calça Jo Fashion / Sapatilha Arezzo (Plebeia ainda não pode usar saltão) / bolsa Dai Bags / o resto não lembro.


 

Muito obrigada à assessoria da Ludurana e a Norimar pelo carinho! A noite foi 10!
Para saber mais sobre os esmaltes da linha Bruna Marquezine: http://www.ludurana.com.br/bruna-cremosos.php

Fotos: Luccas, meu irmão; Marco Nascimento e eu.

Resultado do Concurso We Love Fashion Blogs!

08/10/2014

Depois de dois meses de provas, que vocês acompanharam aqui no blog e pelo site do concurso, e muita ansiedade, tensão, aflição durante dias que antecederam a final, chegou o tão esperado dia do resultado. O dia 8 de outubro foi longo pra mim e pras minhas 14 companheiras de final. Nossos dedinhos fritaram no whatsapp o dia inteiro. O resultado da Petite Jolie veio no final da tarde em forma de vídeo:



Gente! O Diário da Plebeia, esse cantinho feito com carinho, de uma forma tão despretensiosa, às vezes, mas sempre de uma maneira honeste e autêntica, ficou em terceiro lugar. Não vou ser hipócrita: queria o primeiro lugar, sim, claro! Todas nós queriamos, todas as 100 selecionadas! Sonhei com o MAC Book Air e os cinco dias de SPFW ao lado de bloggers que adoro, como Carla Lemos, todos os dias. E todos os dias também imaginei que eu talvez não tivesse nenhuma chance e não chegaria nem a final. Mas cheguei tão longe, tão longe que conquistei o terceiro lugar!!!

Você entendem o que é isso? Significa que dos 1.100 blogs inscritos e avaliados pelas blogueiras mais poderosas do Brasil e pela equipe da Petite Jolie, o Diário da Plebeia é o terceiro mais legal, mais criativo! Isso mostra o tamanho no nosso potencial, né? Isso me estimula a fazer esse blog de um jeito cada vez melhor, com dedicação, com amor, como se todos os dias fossem uma prova do We Love Fashion Blogs!




















Mil vivas à Jana (Sempre Glamour), que realmente se dedica muito ao seu blog (hoje, ele é seu sustento!), à Cami (Meninices de Vida), que tem um blog e um estilo lindo e fez um dos vídeos que eu mais gostei! E ao Diário da Plebeia, que recebeu o terceiro lugar com gostinho de primeiro! Obrigada pelos recados carinhosos e incentivadores no facebook, no instagram e pelo zapzap, ler que vocês acham que meu vídeo foi o mais lindo de todos me deixa feliz pacas!!! Dentre as minhas colegas mesmo, finalistas, o meu vídeo ficou entre os tops eleitos por elas :) Muitas achavam que eu seria o primeiro lugar. Mas a gente sabe que não são só as provas, os looks e o vídeo que conta. Realmente, a Jana é bem profissional, tá prontinha pra arrasar!

Não canso de agradecer ao meu maridaço (meu fotógrafo amador oficial), ao Pelaes, Drika e Igor, o povo da Clarté que fez o vídeo lindo que tanto as pessoas amaram e a todo mundo que votou, sofreu comigo e acompanhou tudo! UM OBRIGADAÇO PRA PETITE JOLIE E F*HITS! Esse concurso é o máximo!!!

Agora é esperar a minha matéria na Revista da Petite Jolie e que muitos caminhos se abram!



Crochê é Moda? E no Calor?




















Parece coisa de doido, mas não é. Antes que você me julgue com o pensamento: "a louca mora em Belém, onde é maior calorzão e quer usar tricô! ha ha ha!", é preciso reavivar sua memória sobre arte e cultura brasileira.

Em uma boa parte do Norte e Nordeste do Brasil (se você já foi a alguma feirinha de Fortaleza, Recife, etc, vai lembrar), se faz artesanato de crochê e renda. São vestidos feitos de linha, bolsinhas, toalhas de mesa, paninhos, uma infinidade de coisas. Ou seja, uma arte que mesmo não sendo originalmente brasileira, se tornou característica daqui também, feita em terras quentes, assim como no sul do Brasil. Porque não necessariamente se usa lã, mas pode se usar linha! As nordestinas usam muitos vestidos de linha e eles são muito fresquinhos. Ah, mulher rendeira!

O tricô e o crochê, aliás, muita gente confunde (inclusive eu) porque eles são muito parecidos, alguma pequenas coisas os diferenciam como, por exemplo, as agulhas: no tricô usa-se uma; no crochê, usam-se duas grandes e pontudas. O primeiro nasceu provavelmente no Egito, feito com ajuda de ossos como agulha. O segundo, não se sabe ao certo onde nasceu, talvez na Arábia, mas também há indícios de que tenha começado na América do Sul e até na China! O crochê é, portanto, milenar! Foi na França que recebeu o nome de crochet (significa literalmente "bordar com gancho"). crochê tunisiano é uma técnica semelhante à do tricô manual, porém é realizado com uma única agulha com um gancho na extremidade, tal como a agulha de crochê tradicional. (Viu, eu também sei usar google)

As técnicas também tem suas diferenças: o crochê tem pontos mais soltos (ou seja, desenhos mais separados) e serve pra fazer, por exemplo, detalhes em barras de panos de prato. O tricô é mais unidinho, os pontos ficam apertadinhos, ideal pra roupas, como um cachecol! Pra ficar mais didático: crochê é isso AQUI e tricô é isso AQUI.

Toda essa aula de artesanato manual é pra legitimar a escolha desse look e minha nova mania por linha. Sim, ando meio tarada por blusas, casacos, vestidos, tudo de linha. Tô até pensando em, ano que vem, me colocar como uma meta esse novo hobby: aprender a fazer tricô ou crochê, o que for mais fácil. 

Daí que bati o olho nesse maxi cardigã de crochê e me apaixonei. Talvez outra pessoa o guardasse pra usar naquele friozinho de outono em uma viagem pro Rio, pra uma voltinha em uma orla ventilada à noite numa praia do nordeste, mas eu não. Usei no dia da comemoração do meu aniversário como um artifício para não ficar tão "desnuda" com essa combinação de top e short cintura alta. Esse maxi crochê compõe o look sem esquentar, porque é todo furadinho, mas também dá uma protegida num local com ar, dependendo do que tiver por baixo. Também o escolhi pra ser o ponto de cor da minha roupa preta. No final, deu um ar boho e despojadinho. 

Crochê não sai de moda pra mim. Nem tricô. São técnicas que podem servir pra reinventar uma peça, depende do bom gosto de quem tece. Podem ser usadas em qualquer estação, depende também da peça. Nesse casaco e especialmente nesse look, o resultado eu adorei, mas dividiu opiniões. E vocês? Gostam ou não?


























maxi crochê Oh, Boy! / top Farm / short Chiquê / coturno comprado num outlet em Gramado / maxi colar Elo Acessórios / bracelete de coruja Casual Acessórios

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...